Qual é a sua idade psicológica?

Você está com 40, 50 ou 60 mas sente que sua mente é bem mais jovem? Ou o contrário, quanto mais o tempo passa, mais maduro se sente? Nem sempre a faixa etária da sua carteira de identidade é a mesma da sua mente, do seu interior. Se você quer saber qual a sua idade psicológica, faça este teste. Você pode se surpreender com o resultado!

Sobre esse quiz

Você já foi informado de que age como se fosse mais velho ou mais novo do que é? Para alguns de nós, o número de velas no último bolo de aniversário é irrelevante. Às vezes, nossa idade atual não corresponde à idade que realmente sentimos.

Enquanto a sociedade coloca certos comportamentos esperados em diferentes faixas etárias, é sempre medida em um número de anos. Quer você sinta sua idade ou não, depende da sua verdadeira idade psicológica. Seus comportamentos, ações e respostas emocionais podem ser mais ou menos jovens do que os esperados de sua faixa etária. A maneira como você viveu sua vida, sua atitude e suas atividades escolhidas podem afetar muito sua idade mental.


Talvez lhe tenham dito que tem muita energia para alguém da sua idade. Talvez você tenha sido dito para parar de agir como se fosse velho. De qualquer maneira, é hora de você saber quantos anos você tem mentalmente, não fisicamente! Este teste psicológico de idade é projetado para investigar seus comportamentos. Dependendo de como você se comporta e das escolhas que faz, ajudamos você a encontrar a idade em que está. Sua certidão de nascimento pode dizer que você está envelhecendo, mas sua idade psicológica pode deixar você viver para sempre! Faça o teste para descobrir se você é uma alma velha e sábia, um jovem aventureiro ou qualquer outra coisa!

Constituído de 21 questões, o Teste de Idade Mental é um teste online que propõe descobrir se sua idade mental condiz com sua idade real.

Para iniciar o teste, é necessário primeiro preencher a sua idade na página inicial e clicar em Começo. Feito isso, o usuário começa a visualizar questões sobre comportamento nas quais existem sempre três respostas: sim, não e nenhuma das alternativas (prestem atenção quando a afirmativa é negativa para não confundir-se com as respostas).

Qual é a sua idade psicológica?

São 21 questões e é preciso responder a todas para finalizar e obter o resultado.

NOTA: A página divulga esse material com o objetivo de entreterimento. Só psicólogos, utilizando-se de materiais reconhecidos pelo CRP, podem usar testes como parte de uma avaliação diagnóstica confiável.
Você apenas começou a viver, mas já se sente uma pessoa experiente e difícil de se surpreender com alguma coisa. Ou já tem uma idade considerável, mas ainda sente toda a alegria da adolescência. Você gostaria de saber quantos anos tem de verdade? Este teste vai ajudar a encontrar a resposta.

Lembrem-se que este teste é uma brincadeira, então não o levem tão a sério.
O conceito de idade psicológica pode ser usado em dois sentidos. Um é análogo ao significado de idade biológica e refere-se à relação que existe entre a idade cronológica e as capacidades, tais como percepção, aprendizagem e memória, as quais prenunciam o potencial de funcionamento futuro do indivíduo. Esse uso do conceito é muito próximo ao de senescência ou envelhecimento normal.

O segundo uso do conceito de idade psicológica tem relação com o senso subjetivo de idade. Este depende de como cada indivíduo avalia a presença ou a ausência de marcadores biológicos, sociais e psicológicos do envelhecimento em comparação com outras pessoas de sua idade.

O senso de idade psicológica tem estreita relação com as mudanças em perspectiva temporal que afeta os mais velhos. A partir de meados da quarta década de vida, as pessoas passam a pensar suas vidas em termos dos anos que ainda têm para viver em vez de em termos dos anos vividos. Aumenta a tendência de avaliar a vida retrospectivamente (revisão de vida).

Também ocorre uma aceleração subjetiva do sentido de tempo e então os dias, meses e anos parecem passar mais depressa. Isso é comumente atribuído à diminuição da atividade metabólica, que é responsável pelas alterações nos ritmos corporais, entre eles os de sono e vigília, e ao aumento do tempo de reação, que faz com que os idosos sejam mais lentos.

Porém, não se pode esquecer que o mundo dos idosos costuma ser menos estruturado. Essa ocorrência é co-responsável pelo descompasso entre o relógio externo e o relógio interno de pessoas de todas as idades e pelas alterações em seu sentido de vida. Também responde em parte à tendência a fazer narrativas pessoais sobre experiências passadas, que, por um lado, podem trazer prazer e aceitação social aos idosos; por outro, podem acarretar rejeição.

Adblock
detector